Bill: Olá à todos os telespectadores japoneses. Nós somos o Tokio Hotel.

Bill: Sim, mas eu definitivamente sei que aprender um idioma diferente exige muito. No topo disso, o alemão é super difícil, claro. Quero dizer, ahm…
Tom: Quero dizer, é bom quando isso fica automático isso… de que a música desperta o interesse no idioma alemão mas para ser sincero, nós nunca o encorajamos de verdade. Quero dizer, conosco sempre foi o caso de, tipo, tínhamos que fazer. E também, nós sempre estivemos fazendo música em alemão, ahm, porque simplesmente escrevemos bem em alemão.
Bill: Quero dizer, afinal de contas o alemão sempre nos acompanhou. Acho que sempre será, tipo, uma parte de nós para sempre. E bem, também fizemos algumas músicas em inglês, mas claro que foram traduzidas com um dicionário. Não sabíamos falar inglês e portanto…
Tom: Embora… Embora nós iremos lançar em inglês no Japão também, não vamos?
Bill: Exatamente. Bem… bem, é óbvio que foi ficando cada vez melhor e as músicas em inglês também eram parte de nós. Então, por isso, não temos uma favorita. Não estamos dizendo que gostamos mais de inglês ou de alemão, mas as músicas em alemão sempre foram nossas raízes, claro.
Tom: E do que mais sentimos falta são dos cachorros, eu acho. Nossos cachorros.
Bill: Sim.
Tom: Ahm, todos nós temos cachorros. Bill e eu temos quatro. Bem, são deles que mais sentimos falta. Além deles, claro que da família, amigos, nossa própria cama,…
Bill:Também diria que a única outra coisa que, ahm, se pode sentir um pouco de falta da Alemanha é, definitivamente, a pontualidade.

Deixe um comentário