O vocalista alemão da banda Tokio Hotel, Bill Kaulitz, confessou ter sofrido bullying, assim como seu irmão, e tudo devido à fama que foram adquirindo desde muito jovens.

O bullying, que é cada vez mais comum em colégios e instituições do mundo, tem crescido de forma absurda e muitos dos famosos hoje em dia já passaram por esse trauma do qual lamentavelmente não conseguiram se livrar. Para citar alguns dos casos mais conhecidos dos últimos tempos, temos como exemplo a cantora Lady Gaga, Demi Lovato e Miley Cyrus, que recentemente confirmaram ter sido vítimas dessa agressão.

Por sua parte, o vocalista dos Tokio Hotel e irmão de Tom Kaulitz manifestou o seguinte: “Minha infância foi cheia de brigas. No ônibus escolar algumas pessoas me agrediam, e o restante me criticava. Tom e eu nos sentíamos como extraterrestres em um planeta errado. Às vezes nosso padrasto tinha de nos buscar no ponto de ônibus com um cão e um taco de beisebol, e então nós nos retirávamos”, recorda Bill.

No entanto, conta Bill Kaulitz no relato de sua infância, não tinha medo de ninguém e nunca ficava calado, pelo contrário, buscava ser notado cada vez mais já que gostava de como sua prepotência assustava algumas das outras crianças, e até mesmo disse: “Eu realmente parecia um psicopata”.

Qualquer um que hoje em dia veja o cantor dos Tokio Hotel diria que o jovem teve uma infância normal e que sua expressão é tranquila, mas estariam totalmente errados, pois a infância dos irmãos Kaulitz não foi nada fácil devido à agressão que sofriam desde muito jovens pelos seus colegas de escola, e até mesmo pelos meios de comunicação de seu país, já que a princípio não foram bem recebidos e muitos alemães não se identificavam com a banda.

Bill Kaulitz disse ainda que apesar de ter ído morar nos Estados Unidos, eles sempre terão um vínculo com a Alemanha, que é o país que os viu crescer e onde vive sua família e seus cachorros, e termina dizendo: “Sempre amarei a Alemanha”.

Fonte.
Tradução.

Deixe um comentário