http://youtu.be/PftCG19mS-o

Ok, eu estou nos bastidores do Zenith em Paris e estou conversando com dois rapazes do Tokio Hotel.
Gostaria que vocês se apresentassem.
Nós somos o Gustav e o Bill do Tokio Hotel. Gustav é nosso baterista e eu sou o vocalista.
Na verdade há mais dois caras em nossa banda o nosso guitarrista Tom e o nosso bater.. é.. baixista Georg.
Mas eles estão fazendo outras entrevistas então nós nos separemos hoje.

Eu acabei de caminhar por aí e vi uma grande, grande quantidade de fãs esperando para vê-los rapazes.
Então, não é um pouco assustador ter pessoas vindo de todo o mundo e estarem esperando horas para vê-los? Isso deixa vocês nervosos?
Ficamos muito animados especialmente agora com nossa turnê internacional e tocar em outros países.
É completamente inacreditavel que pessoas de outros países nos conheçam e saibam as nossas músicas em Alemão e indo aos nossos concertos. Para mim isso ainda é inacreditável.
Eu estou super animado porque o concerto de hoje a noite é o primeiro grande concerto.
Está esgotado e eu acredito que nós continuaremos tendo bons momentos.
Bom, eu sou de uma rádio holandesa e vocês ainda não são muito grandes na Holanda ainda. Mas as pessoas quando ouvem suas músicas no rádio, nos ligam dizendo “Mais Tokio Hotel. Mais Tokio Hotel”

Então, para aquelas pessoas que ainda não conhecem o Tokio Hotel como vocês descreveriam o som da banda?
Nós não temos um som específico. Nós não queremos ser “rotulados”.
Nós fazemos o que queremos, fazemos nossas próprias músicas desde o começo.
Se de alguma forma eu tenho que descrever, eu digo que se trata de rock alemão, mas isso é muito vago.
Nossas músicas são muito distintas, algumas tem muito rock, altas com muita guitarra. Algumas são como suaves baladas. É algo muito misto.
Mas nós definitivamente somos uma banda que se diverte e ama fazer música.

Bom, se você dar uma procurada pela banda na internet um monte de gente está falando sobre, “Esta é a voz da nova geração”
Sério? Isso parece um pouco estranho pra mim é claro, mas ok.
Nós achamos isso ótimo porque podemos alcançar as pessoas. Nós temos a oportunidade de nos apresentar para muitas pessoas e contar-lhes algo sobre nós.
Isso é incrivel. Mas é estranho ouvir uma coisa como essa. Definitivamente não é normal para nós.
Então o que essa voz diz? Sobre quais as histórias da juventude que o Tokio Hotel fala?
Depende. Nossas letras são muito distintas.
Não há nenhuma palavra ou frase que eu possa dizer para descrever a nossa banda. Cada música tem sua própria mensagem e há muitos tipos diferentes.
Nós falamos sobre coisas que nos importamos, nossos problemas, nossas experiências e sobre tudo o que queremos falar, é sempre algo diferente é claro.
Sobre liberdade, ser adolescente, sobre medos… são realmente diferentes.

Pessoas da Alemanha, Austria, Suíça, Paris já os conhecem e respondem a isso muito bem. Agora para conquistar o restante do mundo vocês estão indo gravar um album em Inglês. Então isso deve ser animador.
Sim, nós decidimos fazer um álbum em Inglês. Começamos a gravar logo estará finalizado.
Mas será apenas a tradução de nossas músicas. Não haverá músicas novas em Inglês, apenas traduzidas. Vamos ver o que virá. Nós não planejamos fazer uma carreira na Inglaterra ou America. Nós só queremos ver o que vai acontecer, como as pessoas reagirão a nossa música, visitar esses países e dar concertos por lá. Bem vamos ver se eles se interessarão ou não.
Foi a mesma coisa na França. Quando viemos aqui pela primeira vez ninguém nos conhecia mas então começaram a se interessar por nós. Nós fazemos isso sempre. Então eu estou ansioso para ver o que vai acontecer.
É muito raro para uma banda alemã, talvez estar indo para a America este ano.

Acho que são uma das primeiras bandas a fazer isso.
Claro que isso é diferente, mas eu não estou como “Eu tenho que fazer sucesso aqui!”
É como eu disse, vamos ver o que vem por aí e se as pessoas da America, Inglaterra ou onde for se interessem. Então adoraríamos aparecer por lá.
Mas não estamos como “temos que conquistar o mundo agora” pois estamos felizes com o que alcançamos até o momento, não nos atrevemos a querer mais, porque cada coisa que acontece hoje nos deixa muito felizes.

Então já é um sonho tornado realidade?
Sim.

Vocês tem feito músca desde que eram muito jovens…Quando vocês eram muito jovens tinham uma idéia de como era ser um rock star, estar na estrada viajando. Mas é como vocês esperavam que fosse?
Nós sempre quisemos fazer isso, é verdade. Na escola eu dizia a todos que queria fazer música e ser um rock star. Que queria sair daquela cidade caipira. Eu sempre sonhei em fazer música e estar em grandes palcos. Claro, ninguem acreditava e iniciavasse uma briga.
Houve vezes que nos apresentamos só para algumas pessoas, mas isso faz parte de um sonho.
Nós somos extremamente sortudos por termos feito isso. Nós estavamos na hora certa no lugar certo, porque o que queremos fazer é o que fazemos agora.
Mas e claro que imaginávamos que umas coisas seriam diferentes, o estresse, Nós temos que fazer muitas coisas e temos uma agenda apertada, temos pouco tempo para outras coisas. Mas isso e o que nos queríamos.
E você e seu irmão estão na banda, e você e outra pessoa também estão na banda.

Vocês passam muito tempo juntos. É fácil estar sempre na estrada com os mesmos quatro caras?

Bem eu posso demonstrar. Foi a primeira turnê em que estivemos na estrada com um ônibus de turnê. Nós quatro estamos sempre juntos e não temos problemas com isso.
Bill normalmente sente medo a noite e rasteja para a cama do Tom para um abraço. Mas fora isso, nada aconteceu ainda conosco.
Nós temos ótimos momentos juntos. Nos conhecemos por sete anos.Eu acho que nada por quebrar isso por tão cedo. Especialmente agora que estamos sempre juntos.
Eu acho que isso fortalece os vínculos e crescemos perto um do outro.
Nós realmente somos bons amigos e podemos contar tudo uns aos outros. Isto é muito bom pra banda.
Qual foi a melhor coisa que lhes aconteceu até agora? Qual a sua recordação favorita do ínicio do Tokio Hotel?
Pra mim a melhor coisa foi a turnê. A vida em turnê.
O começo da nossa turne foi a coisa mais incrivel que poderia acontecer comigo. Porque tocamos em grandes recintos, na frente de milhares de pessoas.Essa é a coisa mais bonita de se viver. Eu queria estar no palco. A melhor coisa para nós é tocar ao vivo por isso a nossa turnê foi o melhor que pode nos acontecer. Nossa atual turnê também é ótima.

Deixe um comentário