Anna Knorr, campeã de “Flair-Bartending” em 2008.

[…] SZ: E que opções um garçom tem lá?

Anna: Em casos extremos eu tenho que tomar as chaves do carro ou até mesmo chamar a polícia. Mas isto, felizmente, é bem raro. Anos atrás era uma proibição. Então em um evento Bill Kaulitz do Tokio Hotel veio ao bar, na época com 16 anos de idade, e queria uma vodka limão. Ele não recebeu. […]

Nota do THBR: A expressão “Flair-Bartending” é utilizada para denominar a pratica de acrobacias para o preparo de Coquetéis de bebidas, normalmente, alcoólicas.

Fonte.
Texto traduzido por Jacqueline. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário