Desde pequenos, nos identificamos com um dos dois sexos, e de acordo com essa forma de aparência, levamos este comportamento pra vida toda. No entanto, há desenvolvimentos recentes, que alteram essa ordem padrão.

[…]  O Futuro de Bill Kaulitz, vocalista dos Tokio Hotel não tinha nada de anormal, ele tingia seu cabelos, pintava as unhas, usava maquiagem e encaminhava de tal forma a suas aulas na escola. Mais tarde, a aparência do músico andrógina, em grande medida contribuiu para a popularidade do grupo.  Milhões de meninas no mundo sonhavam em fazer o mesmo penteado e pintura nos cabelos como os de Bill. Ao mesmo tempo, essas mesmas meninas (e alguns meninos) teriam o sonho de familiarizar-se com ele. Mas, ao julgar por suas revelações Bill Kaulitz, pessoalmente, tem um grande problema: “Quando eu olho para trás nos últimos cinco anos da minha vida, eu vejo que eu não tenho sido capaz de me apaixonar. Sem compromissos, nenhuma relação humana”. Essa é uma triste história! […]

Fonte.
Texto traduzido por Brunna. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário