Na foto: Celebrado. Tom Kaulitz, Gustav Schäfer, Georg Listing e Bill Kaulitz, após seu desempenho no Echo de 2007.Ao lado da foto: “Éramos seguidos dia e noite por lunáticos!”.Sentença acima da linha vermelha: “Nossa vida em Los Angeles é mais livre do que sempre foi.” Ao lado da imagem no canto inferior direito: entrevista. Bill e Tom Kaulitz com Reineke Kirsten, jornalista da Bunte.

Apenas alguns minutos para separá-los: Tom Kaulitz nasceu em 1989 às 06:20, seu irmão gêmeo  Bill, dez minutos depois. O jurado Dieter Bohlen(58) o chama de “um dom de Deus”. Não é deste mundo. E, na verdade, Bill Kaulitz se vê com suas características faciais femininas e roupas chamativas como uma criatura de outro planeta. Tom, no entanto, é viril,um jovem mulherengo .

Os irmãos de 23 anos de idade, fazem tudo juntos. A partir de 05 de janeiro eles farão parte do jurado de “Deutschland Sucht Den Superstar”. Uma pequena sensação , porque apesar do seu sucesso com a banda Tokio Hotel (venderam mais de oito milhões de cópias), os meninos passaram a se esconder há dois anos.

Você se mudou em 2010 para Los Angeles para fazer uma pausa. Por que você deixou a Alemanha?
Bill Kaulitz: Nós ansiávamos por uma casa e uma vida privada. Que já não era possível na Alemanha.

Por quê?
Tom Kaulitz: Não podíamos sair sem sermos fotografados ou assediados por lunáticos. Isso foi um pesadelo.
Bill: Tivemos segurança em torno de nós 24/7, vivíamos como na prisão, por trás de um muro opaco de dois metros de altura.

Tom, você disse uma vez em uma entrevista: “É assustador o tipo de pessoas doentes e perigosas que estão lá fora”.
Tom: Há pessoas que deram suas vidas para os Tokio Hotel. Uma relação de amor e ódio. Eles querem controlar toda a nossa vida. Todos os funcionários que entraram em nossa casa, foram espionados – um limpador ou um artesão. Isso não tem nada a ver com ser um fã normal.
Bill: 24 horas de terror psicológico!
Tom: Era como se você tivesse um espião no pescoço. Eles foram incrivelmente bem organizados. Nós apenas pensamos: Como eles podem saber onde estamos agora? E isto trabalhou em conjunto com a polícia.

Você pode explicar sua obsessão?
Tom: Eles são tão perigosos, porque eles não têm nada a perder. Todos os seus problemas, eles projetam completamente em nós .

Até que ponto esses stalkers foram?
Bill: Eles não tinham qualquer limite para aquilo, utilizavam todos os meios  para obter algum feedback de nós.

Ninguém poderia lidar com isso. Quando foi finalmente o suficiente para vocês?
Tom: Quando eles empurraram-nos na rua com nosso carro.

Desculpe-me?
Bill Estávamos no carro com nossa família. Nossa família e amigos, temos um instinto natural de proteção, como todo mundo têm. Se essas pessoas se aproximarem demais de sua família, você age instintivamente.

Você comparou  sua vida com a vida de Britney Spears. você poderia enfatizar por que ela ficou careca?
Bill: Eu posso entender  100 por cento sua situação. Por trás disso está o desejo de liberdade, você não quer que sua vida seja determinada por outras pessoas. E se você quer ser careca de um dia para outro, você simplesmente faz.

Quanta juventude você perdeu por causa de Tokio Hotel?
Tom: Tivemos um grande momento, é claro, naquela época, nunca queremos perder. O que nos foi tirado cedo, foi a facilidade.

O que quer dizer?
Bill: Nós tínhamos uma empresa com 15 anos composta por advogados, consultores fiscais e gerentes. Tudo na nossa folha de pagamento. Mas isso foi uma coisa boa. Nós odiamos superiores.

Bill, você não pôde se apaixonar desde os 14. Também, porque você tem um problema em confiar nas pessoas. Quanto sente falta desse amor?
Bill: Me falta, nesta vida rápida, a constância. Eu sempre desejei ter alguém que está lá. Claro que eu tenho Tom. Estou muito contente que nós sejamos irmãos. Como artista solo, eu não poderia trabalhar.

Por que você se mudou para Los Angeles e não para outro lugar?
Tom: Não fomos lá a fim de viver uma vida glamourosa. Temos lá nossos estúdios, fomos capazes de nos retirar privadamente.
Bill: Nossa vida é mais livre do que nunca! Especialmente para aproveitar o trabalho do nosso novo álbum, nós estamos trabalhando nisso todos os dias.

Quanto tempo você vai viver nos EUA?
Tom: Estamos entediados. Pode ser que em alguns meses voltemos para a Alemanha.

Texto traduzido por Mih. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário