Como é que os novos jurados do DSDS, Bill e Tom Kaulitz querem agitar o show?
A Bravo revela.

Em 5 de janeiro, finalmente começa a nova temporada do “DSDS” – e desta vez, comemorando um aniversário: Pela décima vez, o RTL busca um solista com grandes recursos enquanto o objetivo do programa continua o mesmo e tem como jurados: Bill e Tom Kaulitz (ambos 23) dos Tokio Hotel, duas estrelas mundiais genuínas ao lado de Mateo (34), rapper do Culcha Candela, e do rei do elenco, Dieter Bohlen (58), que determinam quem ganha e quem se vai.

A Bravo se reuniu com os gêmeos do Tokio Hotel durante as filmagens em Berlim.

Bravo: Vocês são os novos jurados no DSDS. Vocês rejeitaram “The Voice Germany”. Por quê?
Bill: Certo. Nós recusamos todas as ofertas de outros shows de elenco.
Tom: Apenas o DSDS tem a maioria dos telespectadores, oferecendo aos artistas uma plataforma rigorosa. Além disso, os shows ao vivo são melhores.

Bravo: O que o DSDS traz, pessoalmente?
Bill: A diversão. Nos sentimos totalmente à vontade. Mas há mais trabalho do que pensávamos! (risos)

Bravo: Por quê? O que é tão difícil a seu respeito?
Tom: O maior desafio para nós está funcionando. Levantar-se todos os dias às 8:00h. Eu costumo estar dormindo esta hora.
Bill: Muitos candidatos também são bastante medíocres. Eu sempre pensei que eram maus ou bons. Mas o que você diz às pessoas? Que estão completamente bem?
Tom: Estamos à procura de talento excepcional – ou alguém com potencial para se desenvolver. O medíocre pode continuar a apreciá-lo como um hobby, mas nada mais.

Bravo: Então vocês não tem nenhum problema com eles, para serem honestos?
Bill: Não.
Tom: (Ri, e volta-se para Bill) Sim, sim, sim! Apenas digo sempre: “Você é doce, bonito e agradável.” Pois lança um olhar sonhador.
Bill: Também é muito difícil. Realmente merecem saber que não acontece nada. Mas vê-los com olhares tristes ou com uma vida difícil de qualquer maneira. No entanto, não vamos deixar ninguém chegar à frente da piedade.

Bravo: Foi claro para vocês que ambos estariam no DSDS?
Tom: No início, só perguntaram por mim. Mas eu disse que sem o Bill eu estava fora. (Risos)
Bill: (Risos) Bobagem! Nós definitivamente queríamos fazer isto juntos. Portanto, torna-se muito mais divertido.

Bravo: Vocês querem mudar algo para o show?
Tom: Nós decidimos, o treinador dos candidatos têm muito talento. Muitas vezes, as pessoas não estão bem aconselhadas quando se trata de estilo ou de seleção de músicas. Queremos que eles venham para a frente e que não sejam ridículos.

Bravo: Oito dos nove ex-“American Idol” – eram vencedores do sexo masculino. Será que este ano, por fim, novamente uma mulher ganhará?
Bill: Seria bom. Mas não precisa ser.
Tom: Há tantos bons artistas a nível internacional. Não só na Alemanha. Talvez nós vamos encontrar um vencedor este ano. Mas se um cara é melhor e mais popular, então é o ganhador…

Texto traduzido por Lu. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário