suh

10 anos mais tarde, Tokio Hotel: “Se nós somos uma má influência? Oh, bem…”

Vocês estão preparados para começar tudo de novo?
Nós estamos mais do que preparados! Durante todos esses anos nós sempre sonhamos em voltar com um novo show e agora que o momento chegou nós estamos extasiados!

Uma nova turnê mundial está virando a esquina. Porém sem novo álbum. 
Ele virá! Nós podemos adiantar que nós tocaremos algumas músicas não lançadas.

10 anos se passaram desde o sucesso de Monsoon. Quantas coisas já mudaram até agora? 
Tudo e nada. Nós estamos mais maduros na vida e no palco, mas nosso amor pela música e por performances originais não mudou nem um pouco.

Vocês tinham 16 anos e a fama mudou sua vida. 
Nós não percebemos isso no momento, as vezes nós nem mesmo sabíamos o que estávamos fazendo. Nós percebemos isso tudo somente depois de aproveitar muito.

Bill, você foi diversas vezes rotulado como má influência para os adolescentes mais jovens por causa da sua aparência andrógina. 
Eu nunca me importei. Tudo que eu sempre quis foi dizer para que eles não tivessem medo de mostrar sua própria autenticidade. Isso me ajudou e me fez mais forte.

Como você acha que os fãs vão reagir ao seu retorno? 
Alguns nos deixaram, outros cresceram com a gente. Nós não podemos agradar a todos então nós colocamos a nós mesmos nos novos projetos.

Como vocês usam seu tempo livre quando não estão no palco? 
Nós somos muito preguiçosos. Nós passamos o dia todo na cama, bebendo e assistindo séries.

Tipo?
Stranger Things. Nós assistimos ela inteira em uma única noite.

Bill, ano passado você lançou um projeto solo chamado “I’m Not Ok”. 
Era o que eu sentia e então quis contar para todo mundo. Eu estava passando por um período ruim da minha vida, eu estava com coração partido mas também estava inspirado. Quanto mais triste eu estou, mais criativo eu fico.

Fonte.
Texto traduzido por Mandy. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário