15622338_10154371430058650_1768960147214367597_n-2

“What if” oferece uma ideia definida da viagem que o grupo fazia numa nova paisagem sonora:

Uma canção retrô-eletrônica rápida, dominada por um ritmo progressivo e dirigida por uma linha de baixo que combina perfeição com uma melodia alegre. A inconfundível voz do líder, cantor e compositor Bill Kaulitz garante a fascinação característica que Tokio Hotel provoca.

Tal como as outras canções do álbum, “What If” surgiu da simbiose genial entre Bill e Tom Kaulitz. “Quando Bill e eu escrevemos este álbum, foi importante para nós refletirmos sobre o que sentimos; foi algo verdadeiro e honesto. Era como nos velhos tempos, quando gravamos nossas primeiras demos há 15 anos, estávamos apenas com alguns amigos no estúdio a gravar, a criar. E dessa forma que queremos o disco. Nada escutado nas canções, à parte de nós, até hoje”, disse Tom.

“What If” explora o tema das oportunidades perdidas.

Bill: “Conheci alguém numa festa e me apaixonei no mesmo instante; havia uma conexão, algo especial. Eu apenas queria que saíssemos a correr e aproveitar a oportunidade de estar com alguém totalmente desconhecido e escapar, assumir riscos e ver até onde podíamos chegar. Na minha cabeça, era como em um filme. Queria gritar aos quatro ventos, mas, em vez disso, nada disse. Não tive coragem suficiente. Não pude deixar de pensar: E se essa era minha oportunidade de ser feliz? E se era a pessoa a qual estava destinado a conhecer, a pessoa com quem iria ser feliz pelo resto da minha vida e acabei de perder a oportunidade me dada pelo universo? Às vezes, nós mesmos somos nosso pior inimigo e perdemos oportunidades na vida porque não temos coragem. A canção é uma homenagem às nossas oportunidades perdidas”.

Por outro lado, esta é uma pergunta que a banda não precisa de fazer sobre a música. Depois de mais de 10 anos no mercado internacional, mais de 110 prêmios nacionais e internacionais — incluindo um VMA , cinco European Music Awards, quatro MTV Latin Music Awards, e um MTV Music Award no Japão —, mais de 7 milhões de álbuns vendidos, Discos de Platina em 68 países e impressionantes concertos ao redor do mundo, Tokio Hotel confirma com “What If” que sempre encontrarão uma maneira de se reinventar sem perder sua autenticidade. Pelo contrário: Completamente independentes e em um estado permanente de criatividade, a banda cria suas próprias oportunidades e estabelece sua própria realidade artística.

“What If” já está disponível como parte do disco “Dream Machine”, o qual será lançado no dia 3 de março de 2017. A turnê “Dream Machine World Tour” começará em 12 de março de 2017.

Fonte.
Texto traduzido por Mih. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

Deixe um comentário