Tom com 12 anos já tinha dreadlocks, e Bill o cabelo espetado.

O PAI DOS GÊMEOS DO “TOKIO HOTEL”:

“Estou muito preocupado com Bill”

O pai nunca falou, nunca revelou publicamente o seu rosto: Até que seus filhos, Bill e Tom Kaulitz (22) do “Tokio Hotel”, resolveram o calar com 6.000 euros.

Ontem a BILD relatou a estranha carta dos gêmeos ao seu pai. Hoje, o pai Jörg (44) fala sobre sua vida com as estrelas adolescentes e suas preocupações com seus filhos.


Jörg, pai dos gêmeos do “Tokio Hotel”, com os repórteres da BILD, Melanie Steck e Mark Pittelkau.

BILD: Por que você só apareceu em público agora?
Jörg: “Não há uma única razão: eu quero ver Bill e Tom. Não se trata de vaidade ou mágoa, e certamente não se trata de dinheiro – é mais como uma questão, eu estou preocupado com meus filhos”.

BILD: Preocupado?
Jörg: “Sim, realmente muito preocupado. Por exemplo, a nova tatuagem do Bill na mão, o esqueleto – aquilo me horroriza”.

BILD: Ele é um Rockstar…
Jörg: “Mas eu não quero que ele termine como a Amy Winehouse. Tenho medo de que Bill morra cedo. Ele sempre teve uma conexão com a morte. Agora, os caras parecem mesmo ter feito o seu testamento. Isso tudo não é normal”.


Bill, Tom e seu pai Jörg durante suas férias em Maiorca, para uma alegre (mas não alcoólica) grande bebedeira. Nesta época, os dois tinham 12 anos.

BILD: Você consegue se lembrar da última reunião que fizeram todos juntos?
Jörg: “Claro, no Natal de 2009. Bill e Tom vieram me visitar. Tínhamos champanhe Freixenet, bebemos, fumamos e nos divertimos. Depois disso eu nunca mais os vi. Foi aí que eles emigraram para a América”.

BILD: Mas depois disso você teve algum contato?
Jörg: “Sim, mas via SMS. Porém, eu tenho a sensação de que eles são controlados externamente na América. A última mensagem de texto do Tom soou como uma acusação pelo fato de que eu me separei de sua mãe quando eles tinham sete anos. Eles ainda sofrem com esse fato”.


Natal de 2009 com seu pai, Bill (à esquerda) e Tom (ambos com 20 anos na época) com champanhe, sanduíches e café na mesa.

BILD: Por que você deixou sua família?
Jörg: “Minha ex-esposa Simone e eu não nos entendiamos. Ela sempre sonhava alto e se sentia atraída por artistas. Então eu não podia fazer nada. Eu só queria viver uma vida normal”.

BILD: Que papel tem a sua ex-esposa Simone (43) na vida de seus filhos?
Jörg: “Um importante. Afinal, para Bill sua mãe é sua deusa. Já Tom é mais “pai e filho”. Mas eu acho que Simone tem uma grande influência sobre os meninos. É, ela vive com eles em Los Angeles”.


Inconfundivelmente o pai: Jörg (44), motorista, residente em Hannover.

BILD: Como Bill e Tom eram quando crianças?
Jörg: “Inteligentes e criativos. Percebi desde cedo que eles eram especiais. Bill era um menino que adorava se vestir para o Carnaval como Pippi Longstocking com aquelas tranças”.


Fofo! Quando criança, Bill brincava na canoa.

BILD: Qual foi a pior coisa que você já passou com seus filhos?
Jörg: “Quando Bill estava no hospital, em 2008, em Berlim, e quase perdeu sua voz. Quando o vi ali tão pálido e exausto, aquilo me deixou tão triste. Mas seus managers lhe concederam apenas uma pequena pausa. Ele é apenas um garoto, poderia ter entrado em um colapso a qualquer momento”.


Bill (à esquerda) e Tom Kaulitz na patinação no gelo com seu pai, Jörg.

BILD: Não fez algo a respeito disso?
Jörg: “Eu não tinha base jurídica. A mãe é quem tinha a guarda dos meninos, pois nós nunca fomos casados ​​legalmente. E também foi ela quem assinou os contratos para os garotos quando eles ainda eram menores de idade”.


Tom Kaulitz e seu pai Jörg se divertiam muito.


Jörg e seu filho Bill no banheiro.


Tom relaxando na praia.

BILD: Você acha que sua família irá se reunir novamente?
Jörg: “Não há nada que eu queira mais que isso agora. Mas tenho poucas esperanças. Bill e Tom já disseram uma vez que seus cães são sua família. Pois os cães são leais a vida inteira. Isso foi um duro golpe, os cães são mais importantes para eles do que eu”.

Fonte.
Texto traduzido por Jacqueline. Se copiar, dê os devidos créditos ao THBR e à tradutora.

1 Comentário Adicione o Seu

  1. Letícia Alves

    vocês são gêmeos !!
    Eu adoro muitos de vcs

    Reply

Deixe um comentário